A importância do estuário e o papel do EVOA

O Estuário do Tejo e a Lezíria de Vila Franca de Xira constituem um conjunto, em muitos aspetos, indissociável, de grande importância para a conservação.

A avifauna aquática migradora atribui ao estuário do Tejo o estatuto da mais importante zona húmida do País e uma das mais importantes da Europa, chegando a receber mais de 120 000 aves invernantes, o que é complementado e enriquecido pelos habitats pseudo-estepários da lezíria. A lezíria, por seu lado, reúne alguns dos melhores solos agrícolas do país e uma das associações de agricultores mais dinâmicas e bem apetrechada tecnicamente, responsável pela manutenção de toda a infraestrutura de conservação da lezíria.

Ambos, estuário e lezíria são responsáveis por uma parte substancial da área de recarga do mais importante aquífero do país, o aquífero Tejo/Sado.

O Estuário e a Lezíria abrangem um conjunto de habitats diversificado, o que justifica a sua riqueza avifaunística que se vem juntar à habitual riqueza dos estuários.

A maior área (80%) é ocupada pelas águas estuarinas, lamas e sapal, mouchões, salinas e caniçais, enquanto os restantes 20% ocupam áreas terrestres, de terrenos de aluvião, utilizados por pastagens naturais ou melhoradas, áreas regadas e canteiros de arroz.






Subscreva a nossa Newsletter


Redes Sociais





Morada

EVOA
Lezíria Sul
Vila Franca de Xira

 

Virtual & Telefone

Telem.: 926 458 963
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
www.evoa.pt